6 de março de 2009

Para matar a saudade da vó Paula

O primeiro banho, na volta da maternidade



































Desde que a sua vó Paula foi embora, ela liga quase todos os dias. É raro quando a gente não recebe uma ligação... que sempre começa com a pergunta: "E aí, filhinha? Como está o nenem?". Hoje ela ligou dizendo que está morrendo de saudades, que chega a doer! Disse que já está fazendo as contas dos dias para a chegada da Semana Santa, já que a mamãe combinou de te levar para BH para a família te conhecer. Hoje contei que ontem você não teve cólica... foi a primeira noite sem nenhuma dorzinha desde a sua chegada da maternidade. Oba, você merecia! Ela logo disse: "Olha, o organismo dele já está se acostumando... que beleza! Mas isso também não significa que outras não vão aparecer... ele ainda vai ter outras cólicazinhas." A mamãe torce para que elas sejam passageiras, feito a de terça-feira, que foi intensa, fez você chorar muito, mas passou em 10 minutos.
Também contei das suas mamadas, que desde ontem estão mais frequentes (gente, você chega a mamar até uma hora depois de ter largado o peito - mamãe está até esperando resposta do pediatra sobre isso. Leite tem, mas será que pode?!). Depois de mais um pouco de conversa, a vovó pediu para gente colocar fotos suas aqui... eu disse que faria isso hoje e ela sugeriu o título. Então ficou assim: "Para matar a saudade da vó Paula". Neste fim de semana mamãe vai fazer mais fotos suas. Hoje você fez 23 dias, está crescendo. No início da semana que vem a gente coloca mais umas aqui, mais recentes.
Mamãe também está com saudade da vovó materna, mas a sua vó Nair tem ajudado bastante por aqui. Tem sido bacana a nossa vida desde que você chegou. Você é tão bonzinho... mamãe só agradece! Deus te abençõe.

2 comentários:

Kalu disse...

Ah, que coisa mais linda esse menino. Pri e Tio, parabéns por esse presente que vocês trouxeram pra família! Não vejo a hora de conhecer.
E agora ele tá no céu, com os cuidados da vovó... acho que só por um neto mesmo que ela larga S. Agripino sozinho em Fartura, porque vocês sabem, sem ela ele não toma remédio, fica muito tempo na padaria... Ontem minha mãe ligou lá e ele tava limpando a casa, achamos demais! Ele disse "Tem que limpar né 'fia'!? Se não fica fedida." E a vó ainda acha que ele passa apertado lá sem ela.
Agora, avisa a D. Nair que ela vai ter que treinar as história do Ferdinando e companhia limitada, depois de tanto tempo sem contá-las os três porquinhos estão comendo maçã envenenada. Hahaha
Um beijão á todos vocês, especial pro pequeninho lindo que estamos admirando a cada dia pelas fotos.

Camila Marinho disse...

Nem me fale de saudade de mãe....queria tanto que Samuel pudesse crescer ao lado da vó... Faz falta né??? Bjs