9 de novembro de 2009

Late Halloween



Antes de falar do seu batizado, mamãe precisa guardar as memórias do seu primeiro Halloween.
A idéia foi da tia Lidi, claro. A mais empolgada das amigas-mães. Eu também diria a mais criativa, mas a tia Laura também tem um dom de criar lembrancinhas e presentes que faz com que elas dividam o primeiro lugar do pódio neste quesito. Quando ela sugeriu lá na TV, eu adorei. Imagine, Halloween dos bebês aqui no Brasil...O máximo, né?! Ela logo foi produzir a fantasia da Sarah, que se transformou na bruxinha mais fofa do planeta... parecia até roupa da Suri, do Tom Cruise. Mas isso a gente só descobriu depois... antes, estávamos preparando as fantasias. Até tentei encontrar algo para comprar, mas acabei aceitando que a tia Lidi comprasse, na loja onde ela encontrou tudo sobre o tema. Ela me ligou de lá dizendo que para o seu tamanho tinha de pirata. Achei bacana, porque até então só tinha encontrado do esqueleto, mas desisti de comprar. No fim, foi a fantasia do Lucas e ele arrasou. Os desenhos da sua não apareceram direito na foto porque você ainda não fica de pé. Mas tudo bem!
Resolvemos fazer lá na casa da Lidi, no Morumbi. Combinamos de ir com a Laura, mas a mamãe achou melhor levar a Dorinha, sua babá. Na semana em que eu tinha visto duas reportagens sobre bebês que voaram do colo dos pais por estarem fora das cadeirinhas de segurança, decidi que não ia permitir que você fosse sentado entre os bancos, no colo da Dorinha, num esquema super perigoso, até.
Você não deu trégua! Chorou da saída de casa até parar na Lidi, uns 40 minutos depois. Eu quase enlouqueci, juro. Foi a coisa mais insana. A Dorinha fez de tudo pra te acalmar, mas não teve jeito. Você via o Lucas no colo da mãe e queria porque queria sair. Quase cedi, mas só ficava pensando que, se algo acontecesse, depois me arrependeria de não ter suportado o seu choro. Portanto, fui firme! O seu surto, no entanto, me fez deixar combinado que da próxima, é a Laura quem dirige. Coitada, também sofre, segundo ela. Dizia o tempo todo: "Viu Lucas, o Rafael está te imitando!" Fala sério, é por isso que tem mãe que enlouquece. rs.
Mas chegando lá foi um sucesso. Paramos o carro e você calou, como se nada tivesse acontecido. hahahah
Bem, desde a entrada, decoração de primeira. Como diz a Lidi, os vizinhos não deviam estar entendendo nada, afinal, o dia 31 mesmo já tinha passado. Era dia 03 de novembro, já. Mas foi quando deu. Na semana anterior ela tinha tido uma faringite, então, adiamos.
Quando ela abriu a porta, outra surpresa. Ela, como eu já previa, também estava fantasiada. Com chapéu de bruxa, como o da Sarinha. O vestido da bebê era a coisa mais fofa, de filó preto, com pontinhos dourados que até hoje não sei se eram morceguinhos ou o que. Na gola, "pumpkins" douradas.


Balões de esqueleto estavam em todo canto. Tinha morceguinhos na parede, teia de aranha na televisão e aranhas espalhadas. Super bacana, adoramos! Você, o caculinha da turma, se comportou bem lá. Não chorou, brincou com os balões, ficou bonitinho, graças a Deus. Mamãe depois só se arrependeu de ter feito questão do seu tapa-olho ficar no lugar nas fotos. Tadinho, teria sido mais fofo se tivesse aparecido os dois olhos em todas. Por falar em fotos, seu pai, que estava super empolgado com a idéia, carregou a máquina e a filmadora, deixou recado para eu levar, mas na hora H, peguei a câmera e deixei a bateria em casa... Portanto, não temos fotos nossas, apenas das meninas.

TOTAL FUN



Sarinha já está caminhando, dá uns passinhos, e logo logo estará andando sozinha pela casa. O Lucas é o the flash, the best, the strongest. Habilidoso que tropeça e não cai. E vai comer bem daquele jeito lá na China! Ele traça! Foi até engraçado, comendo pasteizinhos assados, pão de queijo... fico olhando e pensando que em breve será você. E eu, como a tia Laura, correndo atrás feito uma doida, porque vocês são ligados no 220.
Saímos umas 8h da noite, desta vez, com você morto de cansado, dormindo. Ufa, que maravilha!!!
Foi lindo o nosso primeiro Halloween. Só faltou sair "trick or treating" por aí. Um dia quem sabe essa moda não pega, né?




Para o próximo ano já ficou combinado: tem mais!
A gente curte bastante esses encontros e estamos tentando combinar de fazê-los pelo menos uma vez por mês. É sempre uma celebração do "éramos três e agora somos seis". Deus abençoe vocês, por toda a vida!!!!

IT WAS SUCH A HAPPY HALLOWEEN

Um comentário:

Bia disse...

Só você mesmo amiga.
Amei essa idéia de festa de Halloween, super criativa. Deve ter sido uma delícia!
O Rafa ficou lindo de pirata.
Agora é preparar a fantasia para o canaval.
Beijos a família.