7 de fevereiro de 2010

Os primeiros passos do Rafael!

video


Ontem, no dia do aniversário do pai, você começou a dar uns cinco passinhos...hoje, 07 de fevereiro, andou! E olha que esse vídeo aí era do fim da maratona, 21h30 da noite, depois de passar o dia inteiro se exercitando. Não demonstra, mas já devia estar morto!
Eu nem sei descrever a nossa vibração com essa sua conquista. Parecia até quando você nasceu, de tanta felicidade! No clube, você pegou fogo. Eu e seu pai éramos dois bobos, babões, eufóricos. Ficávamos te cercando, mas você queria mesmo era se equilibrar e ir longe, sozinho. Chamou atenção até de quem passava. Acho que alguns perceberam que nós estávamos ali, conquistando mais uma vitória com você. Teve um senhor que passou e disse algo do tipo: "Esse é um momento importante... de muito esforço, difícil!". Como diz o pediatra, você tentou no mínimo umas trezentas vezes até conseguir... já pensou se pra tudo na vida tivéssemos essa determinação?!
Você está de parabéns porque é obstinado, destemido, corajoso! E também tem noção da conquista, porque comemora quando consegue ir até um destino sem cair. Acho até que tem uma estratégia, porque levanta as mãozinhas para ajudar no equilíbrio quando está mais difícil e se precisar, pára (preciso desse acento!) para concentrar. Mas não desiste! Nós estamos orgulhosíssimos de você! E felizes por termos acompanhado os primeiros passinhos. Ninguém nos roubou esse momento! Ele é nosso, filho!


Versão 2010 - é tudo muito rápido!

Antes que chegue seu aniversário, preciso registrar as inúmeras mudanças que aconteceram desde o fim do ano, quando você ainda tinha 10 meses e agora, no décimo primeiro.
No Natal você ainda era o Rafael que engatinhava. Mas rodou a casa da vovó e da Tia Gá toda, quando fomos lá. Na casa do vô Lu não deu, porque você estava podre de sono e acabou dormindo. No colo do vô Marcos, não aceitou ser colocado na cama.
No Ano Novo, já estava mais rápido na casa da Vó Nair e do vô Gripino, com a família paterna. Mas foi voltando que o negócio acelerou. Filho, você chegou de lá um furacão! Engatinhando com toda a velocidade... se enfiou debaixo da árvore de Natal um dia que eu nem acreditei!
Pouco tempo depois, no fim de semana que o vô Marcos e a Ju vieram você já era outro. Foi ali que começou a subir os primeiros degraus da escada.
Mas, de um fim de semana para o outro, já subia a escada inteira! Estimulado pelo pai, claro, que achou o máximo. Fomos obrigados a comprar a cerquinha da escada e compramos também um andador, que eu costumo comparar com aqueles protótipos de recuperação fisioterápica. No início, fim de semana de 04 de janeiro, você desembestava no negócio. Achei até que a Fisher and Price tinha errado no brinquedo. Na verdade, eles tinham que oferecer alguma coisa para colocar nas rodas para diminuir a velocidade enquanto o bebê não tem domínio... Eu ficava atrás, curvada, te segurando. Como tenho feito agora com os primeiros passos... umas duas semanas depois você já estava administrando melhor o ritmo. No domingo passado, cheguei do plantão e seu pai disse: "Pri, ele já está andando sozinho com o andador!" Não acreditei! No dia seguinte, a babá anuncia: "Agora começou a desviar dos obstáculos!" É muito fofo. Vc pega o troço e vira para direção que quer. Não fica preso. Uns dois dias depois, no início de fevereiro, já estava soltando o andador para se equilibrar de pé. Vibrava! E o dia em que batia no bumbo, se equilibrava e batia as duas mãozinhas no peito?!" Inacreditável.
Bem, cada criança tem o seu tempo. Uns andam antes, outros depois... mas nós estamos felicíssimos com você. 9 meses: os dois primeiros dentes; 10 meses, engatinhou; 11 meses: 6 dentes e andou! Maravilha! Parabéns!!! O aniversário tá chegando aí. Falta pouquíssimo, menos de uma semana!

2 comentários:

Pri Manni disse...

Pri, que coisa linda, fiquei emocionada só de ouvir e ver a sua emoção ao vê-lo dar os primeiros passinhos. Não sou mãe ainda, mas, como filha, pude entender já a importância desse momento! Parabéns Rafael, que você se lembre sempre, mesmo nos momentos mais difíceis, da sua coragem e confiança em caminhar! Beijos!

Kika - uma espécie de tia disse...

Nossinhóradocéu! Completamente um hominho, Pri! Eu, que odeio exclamações, num paro de admirar a obra que vcs fizeram nesse pimpolho lindíssimo. Muito melhor que nos sonhos, mas igual.
Lembrei do aniversário dele, então, no dia 11 vc, por favor, morde, aperta, esmaga, cheira e distribua trocentos mil beijinhos meus nele todinho, certo? Tb fala assim pra ele: a tia K mandou dizer que te ama mais que tudo e tão somente; que vc será a criatura mais feliz dos universos conhecidos e desconhecidos, a mais saudável, inteligente e amorosa, que vc será totalmente do bem. Diz que to cantando sempre o benzim veloso, eu só amo é só vc... pra ele, mesmo que em sonhos e a distância.
Bjs pra vc, Marcão e Rafael. PARABÉNS!

PS- li tudinho e chorei, babei, maravilhei...